DICAS INICIANTES PARA ESCREVER CONTOS DE FICÇÃO CIENTÍFICA

As dicas abaixo servem de ajuda para vocês alunos capricharem na confecção de seus contos de ficção científica.

 

 

O primeiro passo para realizar qualquer trabalho escrito é o conhecimento do vocabulário, tanto o morfológico, como o semântico. O primeiro permite criar até novos vocábulos, o segundo possibilita o enriquecimento verbal e a capacidade de profundidade do vocabulário. Trabalhar as palavras conforme o tempo e o espaço.

O conto é uma narrativa sintética de extensão menor que o romance, um único ambiente, ou quase único, e uma situação única. Captar um momento preciso ou um episódio da vida, de uma forma linear e monocrônico. E representar o episódio de uma forma cômico, trágico, monstruoso, ingênuo, místico ou sublime, dando ênfase ao suspense até a última linha. Apresentando o desfecho com um fato inesperado ou uma lição de moral. Caso faltem esses elementos teremos diante de nós uma estória ou historieta.

O enredo do conto deve apresentar em linhas gerais, as seguintes fases: 1)apresentação; 2) complicação ou evolução; 3) clímax; 4) solução ou desfecho.

Devemos levar em conta uma regra básica ao escrever um conto de Ficção Científica: o ponto de vista do leitor. É essencial despertar a curiosidade logo no início, no primeiro parágrafo e até mesmo no título, não deixando de lado o uso da criatividade e da imaginação. Se conseguir despertar esse interesse logo nas primeiras linhas todo o trabalho ficará facilitado. Deixar a leitura suave usando bem e com bom senso a língua. É importante não usar palavras rebuscadas e sempre pensar na clareza. Os termos técnicos também devem ser evitados, a não ser aqueles de uso consagrados na literatura de Ficção Científica, mas isso não impede de criar novos termos.

É importante evitar o uso de repetições fazendo uso de sinônimos. O conto não deve cansar o leitor e superestimar a inteligência do leitor, podemos enganar usando um raciocínio lógico falso que o induza a pensar de uma forma, mas nunca dizer o óbvio. O título não deve sugerir o conteúdo do conto. Os títulos curtos são sempre melhores e instigantes.

As explicações e descrições que não tenha importância para a história devem ser eliminadas, cortar parágrafos é dar movimento mais dinâmico ao conto.

Uma dica da língua portuguesa é deixar de lado os verbos de ligação e os pronomes reflexivos, com eles, a leitura se torna cansativa. Também evitar o uso demasiado de conjunções aditivas.

O desfecho do conto, talvez seja a parte mais difícil de ser trabalhada, pois necessita de muita criatividade. Diferente da novela e do romance onde a trama e o desenvolvimento da história são os elementos principais. No conto o suspense deve ser mantido até a linha final, fechando-o com uma frase de efeito moral ou algo inesperados. Deixar o final suspenso também é uma boa alternativa.

O importante é despertamos algum sentimento dentro do leitor e a surpresa é a arma do negócio.

Fonte: Revista Scarium MegaZine nº 0

 

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s